Curso: Aromaterapia, Emoções e Saúde

novembro 26, 2009

Curso que aborda a Aromaterapia de forma holística e mostra como os óleos essenciais e vegetais podem ser utilizados para promoverem equilíbrio físico, emocional e mental através de suas propriedades químicas e energéticas.

Alguns tópicos abordados no Curso:

– Constituição Química dos Óleos Essenciais;
– Propriedades Terapêuticas dos Óleos Essenciais;
– Formas de extração, absorção, efeitos e utilização dos Óleos Essenciais;
– Indicações e contra-indicações;
– Ficha Completa de mais de 25 Óleos Essenciais.
– Ficha dos principais Óleos Vegetais e suas propriedades;
– Ácidos Graxos essenciais e sua utilização;
– Outros carreadores (gel de carbopol e de aloe vera, cremes neutros, argilas e outros);
– Órgãos e Emoções;
– Tipos de Pele e Emoções;
– Dicas de leitura corporal e anamnese.
– Aromaterapia e os Chakras;
– Sinergias de óleos, medidas e formas de preparo;
– Receitas de banhos, compressas, máscaras, óleos para massagem, cremes e géis para uso tópico, argilas aromaterápicas, águas aromáticas e outros;
– Uso terapêutico, estético e energético de produtos aromaterápicos.

Curso Intensivo com apostila e certificado.

Datas: 12 e 13 de Dezembro.

Investimento: 240, 00 – Valor Promocional.

Ministrante: Priscila Lima – Aromaterapeuta, Geoterapeuta e Fitoterapeuta.

Local: Confraria dos Mestres.

Rua Serra de Botucatu, 1037 – Tatuapé (próx. ao Metrô Carrão).

Informações e Inscrições: (11) 2097 6400/ (11) 9576 3810.


Curso de Fitoterapia e Aromacologia

abril 14, 2009

  

Conteúdo Programático:

  • Introdução à Fitoterapia;
  • Princípios Ativos das Plantas;
  • Memória celular X propriedades bioquímicas;
  • Propriedades terapêuticas das Plantas Medicinais;
  • Propriedades energéticas das Plantas;
  • Indicações e contra-indicações das Plantas Medicinais;
  • Formas de utilização das Plantas;
  • Estudos de caso.
  • Aromacologia e Aromaterapia – conceitos;
  • Uso terapêutico de Ervas Aromáticas, Oleoresinas e Óleos Vegetais;
  • Banhos e sais aromáticos;
  • Ervas Aromáticas e Argila;
  • Aromatização ambiental.

Curso apostilado, com aulas teóricas e práticas.

Todos os alunos que desejarem se aprofundar no tema, poderão participar de atendimentos ambulatoriais supervisionados.

Ministrante: Priscila Lima – Fitoterapeuta, Aromaterapeuta e Terapeuta Floral.

Local: Núcleo Mandala.

 Informações e inscrições: (11)2097 6400.

E-mail: nucleomandala@gmail.com


Aromática Aplicada/Inalação

maio 19, 2008

Inalação a vapor é um bom meio de tratar problemas epidérmicos e respiratórios, e é também útil para alterar estados de espírito ou estados emocionais. O método consiste em adicionar umas poucas gotas de óleos essenciais a uma tigela de água quente, depois cobrir a cabeça com uma toalha e inalar os vapores aromáticos por uma a dez minutos. Note que esse não é um bom método se você tiver vasos capilares rompidos na face.

 

Para pessoas asmáticas, um método melhor é pingar uma gota de óleo diluído na palma da mão, esfregar vivamente as mãos para criar calor e depois pôr as mãos em concha sobre a face. Este método de inalação a seco é também bom para um rápido estímulo, ou se você está em algum lugar onde a inalação úmida é impossível.

Duas ou três gotas de óleo essencial costumam ser o suficiente para uma inalação. Tome cuidado com hortelã-pimenta, especiarias e óleos cítricos; eles são fortes e podem queimar a pele e os olhos. Uma ou duas gotas são o bastante.

 

A inalação é um meio simples e eficaz de usar óleos essenciais. Madame Maury descreveu o efeito da inalação numa garota com o rosto inchado e pele congestionada:

 

O efeito foi conseguido em poucos minutos. O inchaço em seu rosto reduziu-se ante nossos olhos. Foi surpreendente, espetacular, se poderia dizer.

 

Os efeitos das inalações são imediatos, mas transitórios, portanto é importante usá-las regularmente, duas ou três vezes ao dia, e sustentá-los com outro método tal como massagem.

 

Inalações são particularmente eficazes para problemas refratários de sinusite.

 

Eis algumas receitas para inalações:

 

Dor de cabeça/enxaqueca

 

Manjerona, 1 gota

Lavanda, 1 gota

Hortelã-pimenta, 1 gota

 

Expectorante, anti-séptico pulmonar

 

Sândalo, 1 gota

Tea Tree, 1 gota

Benjoim, 1 gota

 

Resfriados de cabeça ou congestão nasal

 

Eucalipto, 1 gota

Lavanda, 1 gota

Hortelã-pimenta, 1 gota

 

Vapor facial

 

Camomila, 2 gotas

Lavanda, 1 gota

 

Extraído do livro: Aromaterapia Holística – Ann Berwick

 


CURSO DE AROMATERAPIA, EMOÇÕES E SAÚDE

março 16, 2008

aromatherapy-olfative.jpg

 

Curso que aborda a Aromaterapia de forma holística e mostra como os óleos essenciais e vegetais podem ser utilizados para promoverem equilíbrio físico, emocional e mental através de suas propriedades químicas e energéticas.

Curso com certificado e apostila.

Início:  Abril de 2008. 

Horário: 14:00 às 18:00 Horas (Sábados alternados). 

Duração: 6 Aulas – 24 Horas/Aula. 

Local: Rua Marinho Falcão, 55 (próximo ao Metrô Vila Madalena). 

Informações: (11) 7273 4205.

E-mail: priscilalima@terapeutaholistica.com.br 

Ministrante: Priscila Lima (CRT: 41853) – Reiki Master, Aromaterapeuta, Geoterapeuta e Fitoterapeuta. Realiza Cursos, Palestras, Eventos e Ambulatórios de Aromaterapia e Terapias Holísticas. 

 


Oficina de Argilaterapia

fevereiro 19, 2008

 Curso que aborda a Argilaterapia e seus usos terapêuticos, energéticos e estéticos. 

Por conter diversos minerais (como quartzo, ferro, cálcio, fósforo, selênio, lítio e magnésio) a Argila possui propriedades cicatrizantes, emolientes, revitalizantes, anti-reumáticas, absorventes e energéticas (iônicas) e pode ser usada em cataplasmas, máscaras, banhos e fricções. Ervas, óleos essenciais, hidrolatos e outros ingredientes naturais podem ser utilizados para potencializar o seu uso.

 Alguns temas abordados: 

-Geoterapia/Argilaterapia – definição e conceitos;

-As diferentes cores e composições de argilas e suas propriedades terapêuticas;

-Formas de utilização e efeitos;

-Indicações e contra-indicações;

-Uso conjunto com óleos essenciais;

-Uso em conjunto com plantas e outros;

-O Uso da Argila para equilíbrio dos chakras;

-Estudos de casos;

-Receitas de máscaras, cataplasmas e outros para fins terapêuticos e estéticos;

-Aula prática (aplicações em aula). 

Oficina com certificado e apostila. 

Data: 09 de Março de 2008. 

Local: Espaço I.T.A. Instituto de Terapias Alternativas, Xamanismo, Ecologia, Bio-construção, Artes, etc.Av. Senador José Ermírio de Moraes, 1400
cont. da Av. Nova Cantareira – Vl. Albertina – Serra da Cantareira – SP.
 

Investimento: R$ 80,00 – Oficina + R$ 10,00 – Material utilizado (Argila). 

Informações e inscrições: (11) 7273 4205

E-mail: priscilalima@terapeutaholistica.com.br 

Ministrante: Priscila Lima (CRT: 41853) -Terapeuta Holística – já participou de Projetos Holísticos em ONG’s e em um Hospital em SP. Atualmente, realiza Atendimentos, Cursos, Palestras e Oficinas sobre Terapias Naturais e Qualidade de Vida em SP.   


Curso: Aromaterapia, Emoções e Saúde

novembro 5, 2007

CURSO DE AROMATERAPIA, EMOÇÕES E SAÚDE

Datas: 10 e 24 de Novembro.

Curso com práticas, apostila e certificado inclusos.

Local: Rua Marinho Falcão, 55 – Vl. Madalena (Próx. ao Metrô).

 Curso que aborda a Aromaterapia de forma holística e mostra como os óleos essenciais e vegetais podem ser utilizados para promoverem equilíbrio físico, emocional e mental através de suas propriedades químicas e energéticas.

Alguns tópicos abordados no Curso:

– Constituição Química dos Óleos Essenciais;
– Propriedades Terapêuticas dos Óleos Essenciais;
– Formas de extração, absorção, efeitos e utilização dos Óleos Essenciais;
– Indicações e contra-indicações;
– Ficha Completa de mais de 25 Óleos Essenciais.
– Ficha dos principais Óleos Vegetais e suas propriedades;
– Outros carreadores (gel de carbopol e de aloe vera, cremes neutros, argilas e outros);

– Órgãos e Emoções;
– Tipos de Pele e Emoções;
– Dicas de leitura corporal e anamnese.

– Aromaterapia e os Chakras;
– Sinergias de óleos, medidas e formas de preparo;
– Receitas de banhos, compressas, máscaras, óleos para massagem, cremes e géis para uso tópico, argilas aromaterápicas, águas aromáticas e outros;
– Uso terapêutico, estético e energético de produtos aromaterápicos.


Ministrante: Priscila P. B. Lima – Aromaterapeuta, Geoterapeuta e Fitoterapeuta (CRT: 41853). Realiza Cursos, Palestras, Eventos e Ambulatórios de Aromaterapia e Terapias Holísticas. Também ministra Oficinas de Terapias Naturais para ONG’s. Informações: (11) 7273 4205.

E-mail: priscilalima@terapeutaholistica.com.br 


Aromaterapia – Terapia Complementar para Depressão

outubro 1, 2007

photo_aroma4.jpg

“Se os odores podem produzir satisfação, eles são tão soberanos nas plantas e tão agradáveis que nenhuma confecção dos boticários pode se igualar à sua excelente virtude”.  John Gerard – Herbalista (1545 -1611).

 A Aromaterapia é uma técnica que utiliza óleos essenciais naturais e suas propriedades terapêuticas para promover bem-estar e equilíbrio físico, emocional e mental.Óleos essenciais têm componentes que agem sobre o corpo e a mente, como por exemplo, os ésteres (que agem no Sistema Nervoso Central) e os álcoois (que são revitalizantes) e, além disso, seus aromas são capazes de nos remeter a lembranças e sensações positivas através de estímulos olfativos que chegam ao Sistema Límbico.O Sistema Límbico é uma parte do cérebro ligada às emoções, comportamentos e memórias. 

 Pela sua capacidade de atuar conjuntamente sobre o corpo e as emoções, a Aromaterapia tem sido utilizada com bastante sucesso como uma terapia complementar (que pode ser utilizada concomitantemente com outros tratamentos naturais e alopáticos), eficaz para muitos males, inclusive a Depressão. 

Pesquisas comprovam a eficácia da Aromaterapia no tratamento de problemas emocionais diversos. Vale citar Rovesti, que nos anos 70 (Lawless 1994) usou óleos essenciais em clínicas psiquiátricas na Itália (Fischer-Rizzi 1990) obtendo resultados no alívio de medo e ansiedade. Outra pesquisa interessante foi feita na Universidade Católica da Coréia* e investigou os efeitos da Aromaterapia em casos de dores e Depressão em pacientes com Artrite. Os óleos utilizados foram Lavanda, Manjerona, Eucalipto, Alecrim e Hortelã-Pimenta diluídos em óleos vegetais de Amêndoa, Apricot e Jojoba. A Aromaterapia teve efeito positivo no alívio da Depressão desses pacientes. 

A Depressão é uma doença relacionada a alterações neurológicas e funcionais e produz uma série de sintomas físicos e psicológicos. Entre eles destacam-se sentimentos de tristeza, culpa, solidão, desamparo, incapacidade, desalento, falta de auto-estima, apatia e problemas como insônia, perda de apetite e desejo sexual, cansaço físico e mental, falta de concentração e memória e dores no corpo. 

Em casos de Depressão, a Aromaterapia pode ser um valioso auxílio, promovendo emoções positivas, relaxamento e alívio dos sintomas relacionados. 

 Benefícios da Aromaterapia 

Os óleos essenciais podem ser usados de várias maneiras. É importante levar em conta, as preferências da pessoa a ser tratada, além da intensidade e do tipo de Depressão, de forma que a aplicação da Aromaterapia seja prazerosa e agradável. 

Massagens: as massagens podem potencializar os efeitos dos óleos sobre as emoções e são indicadas para casos em que a Depressão é acompanhada por dores no corpo e tensões. 

Inalação: produz efeitos rápidos sobre o estado emocional e pode ser indicada para casos que necessitem de uma ação segura e eficiente. 

Banhos: os banhos aromáticos podem ser revitalizantes ou relaxantes e produzem estímulos físicos e emocionais. São úteis para favorecer uma maior abertura emocional, principalmente, para preparar pessoas que se sintam desconfortáveis ao serem tocadas, por medo ou vergonha, para receberem massagens. É impressionante, como após algumas sessões de banhos aromáticos, as pessoas passam a se sentirem seguras para receber massagens. 

Compressas: compressas servem para auxiliar em casos de desconforto físico e também produzem relaxamento.                                        

Óleos Essenciais para Depressão: 

Alecrim (quimiotipo cânfora): estimulante e tônico. Para problemas de concentração e memória, cansaço e letargia. Para vertigens, paralisias e palpitações de origem psicossomática. 

Bergamota: para casos de Depressão em que haja também uma grande ansiedade e sofrimento. Melhora o apetite. É neurotônico e sedativo. 

Camomila Romana: para Depressão acompanhada de irritabilidade, impaciência, falta de apetite e tensão. Também é útil para traumas emocionais. Calmante e sedativo. 

Hortelã-Pimenta: para Depressão acompanhada de apatia, cansaço, sonolência excessiva e falta de memória. É estimulante e Tônico. 

Laranja Azeda: promove bom humor e é útil para insônia e Depressão, sobretudo Depressão Sazonal.   

Manjericão (quimiotipo linalol): para Depressão ligada à ansiedade, alterações de humor, convalescença e cansaço mental.   

Manjerona: para dificuldade de expressão das emoções, tensão e insônia.  

Olíbano: é revitalizante. Útil em casos de desânimo e Depressão ligada a mágoas e ressentimentos.     

Rosa: promove auto-estima, auto-aceitação, perdão e abertura emocional. Para Depressão, mágoas e traumas emocionais.    

Ylang-Ylang: é eufórico e afrodisíaco. Para depressão acompanhada de impotência ou frigidez de causa emocional e também de raiva contida ou frustração.      

Dicas: 

Práticas de exercícios respiratórios, meditação e afirmações positivas podem ser utilizadas em conjunto com a Aromaterapia para potencializar a ação dos óleos.

 Óleos desintoxicantes e depurativos podem ser usados para purificar o organismo e uma alimentação mais saudável pode ser adotada. 

A prática de auto-massagem com óleos essenciais pode ser útil para trazer equilíbrio emocional e auto-aceitação.

Escalda-pés com óleos essenciais harmonizam as emoções e estimulam os pontos reflexos dos pés, harmonizando também a energia vital do corpo. 

Uma sinergia: adicionar 2 gotas de óleo essencial de Hortelã-Pimenta + 5 gotas de óleo essencial de Manjericão (quimiotipo linalol) + 5 gotas de óleo essencial de Laranja Azeda em uma bacia de água morna, agitar bem, colocar os pés na água e deixa-los por 10 minutos. Esse escalda-pés é revitalizante e bom para a circulação dos pés e pernas. Precauções: Não se expor ao Sol após o  escalda-pés e evitar o uso em gestantes. 

* Kim, M. J., Nam, E.S., Paik, S.I.. Universidade Católica da Coréia. 

Precauções:

Gestantes só devem fazer uso de óleos essenciais com acompanhamento de um profissional qualificado.

Os óleos de Alecrim (Quimiotipo cânfora) e Hortelã-Pimenta devem ser evitados por pessoas que sofram de Hipertensão e Epilepsia ou que façam tratamento homeopático.

Os óleos de Bergamota e Laranja Azeda não devem ser usados antes de se expor ao Sol.

Os óleos devem ser usados diluídos, salvo indicação contrária de um profissional qualificado.

Referências:

Aromaterapia e as Emoções – Shirley Price.

Aromaterapia Holística – Ann Berwic.